Adesivos-Compre o seu!

Adesivos-Compre o seu!
PARA AJUDAR NA CASTRAÇÃO DE ANIMAIS ABANDONADOS AQUI NA CIDADE DE MONGAGUÁ TEMOS MUITOS ANIMAIS PARA AJUDAR SE PUDEREM COLABORAR COMPRANDO 1 ADESIVO SERÁ DE ENORME AJUDA.( o valor é de 5,00 reais e é por uma ótima causa temos 2 modelos). Se estiver interessado é só ligar (13) 91342726 *Lilian

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Festa de adoção linda um sucesso

                                                       






Gatinhos para adoção (Já foram doados)


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Lucky para adoção


Charlie para adoção


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Como cuidar de seu filhote



Este é um guia passo-a-passo que ensina como trazer um filhote para sua casa e como fazer com que ele se sinta bem-vindo e confortável.
Trazer um filhote pra casa é um momento excitante para você e sua famí­lia, mas seu filhote pode se sentir um pouco confuso com todas as mudanças na vida dele. Este é um guia passo-a-passo para assegurar que a transição seja tão suave para você quanto para o novo membro de sua casa.
- Preparativos para a chegada do filhote 
Você deve dar a ele uma cama adequada. Uma caixa velha ou cesto colocado acima do nível do chão e longe de correntes de ar é uma cama adequada enquanto seu filhote cresce. Não gaste muito neste estágio comprando uma cama cara que ele provavelmente destruirá. O interior da cama deve ser forrado com um cobertor velho para que ele possa se aninhar em algo macio e quentinho.
A cama deve ficar em um local relativamente quieto para que possa dormir sem ser perturbado sempre que estiver cansado. Várias pessoas acham ideal um canto na cozinha ou na sala. Pode ser boa idéia fazer paredes ao redor da cama do animal por alguns dias para criar um pequeno "esconderijo" onde ele possa se sentir seguro e fora de perigo.
Ele deve ter suas próprias vasilhas de alimento e água. Elas devem ser feitas de tal forma que ele posa comer e beber confortavelmente sem submergir o focinho e orelhas. Tenha um suprimento de alimento preparado para a chegada do animal. Pergunte ao criador o que ele está acostumado a comer. É melhor manter a mesma dieta por alguns dias.
Todos os filhotes gostam de mastigar. Este é um comportamento normal e ajuda no processo de dentição. Dê a ele alguns brinquedos só dele para impedi-lo de pegar outros itens da sua casa. Os brinquedos não precisam ser elaborados, mas assegure-se de que não sejam tóxicos, grandes o suficiente para não serem engolidos e relativamente indestrutíveis. Se ele engolir objetos, eles podem ficar presos na garganta, estômago ou intestinos e podem ser uma séria ameaça à vida dele.
Embora você não possa levar o cãozinho para passear com outros cães até que tenha completado o ciclo de vacinações, ele precisará de uma coleira e guia adequadas. A coleira deve ser macia e bem ajustada. Nos primeiros dias, ele precisará usá-la apenas por curtos perí­odos de tempo enquanto você estiver supervisionando. Ela não deve ser muito apertada, pois isso é desconfortável para o filhote, mas também não deve ficar muito solta, pois pode se enganchar em um objeto protuberante. Talvez devesse considerar uma coleira de abertura rápida. Verifique a coleira diariamente e vá soltando conforme o pescoço aumente. Não compre um enforcador para seu filhote. Se usada de forma incorreta, ela pode causar danos irreparáveis ao pescoço dele.
Você pode comprar uma escova e um pente - o tipo depende do tipo de pelagem. 
Finalmente, assegure-se de ter anotado o nome e endereço do cirurgião veterinário. Se você não conhece um, o protetor será capaz de recomendar um hospital ou clínica veterinária.
Enquanto for pequeno, mantenha tudo que possa ser perigoso fora do alcance do filhote. Ele pode cavar ou mastigar qualquer coisa que encontrar incluindo plantas e fios elétricos.
Cheque bem o seu quintal e certifique-se de que não há pequenos buracos por onde ele possa fugir. Assegure-se de que o portão fecha de forma segura e que o filhote não consiga escapar por baixo ou pelo meio dele. Piscinas e lagos devem ser cobertos.
- Quando o filhote chega 
É melhor pegar um filhote quando puder oferecer a ele companhia e atenção enquanto ele se acostuma à nova casa. Se o trouxer para casa de manhã, ele terá tempo de se acalmar, alimentar, brincar e cansar antes da hora de dormir.
No momento em que ele chegar, deixe que cheire o ambiente e se familiarize com seus arredores. Só depois mostre a cama dele.
A apresentação do filhote à família deve ser feita com cuidado. Este é um período difí­cil e confuso para seu filhote. Sua casa é uma profusão de visões, sons e cheiros estranhos que ele pode achar excitante, mas talvez seja um pouco demais. Ele sentirá falta da mãe, dos irmãos e irmãs e irá querer que sua famí­lia propicie a companhia, conforto e segurança que deixou para trás. Peça ao protetor um pedaço do tecido onde a mãe e os filhotes dormiam para que ele sinta o cheiro de casa. Não lave este pedaço de pano por pelo menos uma semana.
Escolha um nome para ele o mais rápido possí­vel. Seja insistente e o use repetidamente enquanto fala com ele - ele logo aprenderá a responder.
Crianças novas na famí­lia precisam aprender que filhotes não são brinquedos. Você verá que o filhote brinca vigorosamente por pequenos períodos e então passa cerca de uma hora em sua cama. Dormir é tão importante para seu filhote quanto para um bebê, então não o perturbe enquanto estiver dormindo.
Não deixe de dar atenção aos outros animais de estimação da casa ou eles podem ficar com ciúmes do recêm-chegado. Faça as apresentações gradualmente, em território neutro e sob constante supervisão. Nunca deixe um filhote sozinho com um cão ou gato mais velho. Alimente-os separadamente até que se tornem amigos.
Durante as primeiras noites, o filhote ficará agitado e choramingará quando deixado sozinho. Enrole uma bolsa de água quente e um despertador em um cobertor e coloque na cama dele, isso pode ser confortante para um filhote novo. Entretanto, estes itens não devem ser feitos de borracha ou plástico, ou o filhote os mastigará.
Acima de tudo, seja gentil e paciente com seu filhote durante a apresentação à sua casa. Não dê nem fale de forma agressiva com ele durante os primeiros dias, mesmo que seja destrutivo e faça bagunça - no estado em que está, pode apenas passar a ter medo de você. Este perí­odo inicial deve ser agradável, para que você e seu filhote possam se conhecer, assim ele aprenderá a confiar em você, formando então as bases para uma vida feliz juntos.
- Alimentando seu filhote 
O criador deve dar a você uma planilha com a dieta do animal, incluindo a quantidade e freqüência com que seu filhote deve ser alimentado. Você deve manter esta dieta por alguns dias antes de gradualmente mudar para a alimentação que decidiu utilizar.
Seu filhote deve receber a dieta correta propiciando o melhor iní­cio de vida possí­vel. Quaisquer erros neste estágio podem causar efeitos sérios e duradouros. A dieta dele deve prover todos os nutrientes de que ele precisa para ter crescimento e desenvolvimento saudáveis - não apenas em quantidades corretas mas também em proporções corretas.
Não alimente seu filhote com carne crua ou alimentos deteriorados. Alimentos preparados e vendidos comercialmente são a dieta mais segura, sendo nutricionalmente balanceados com melhor custo benefí­cio.
Filhotes jovens precisam de quantidades relativamente grandes de alimento para atender às necessidades de seus corpos em rápido desenvolvimento e seu ritmo de vida agitado. Entretanto, nesta idade, eles ainda são pequenos e seus estômagos ainda não conseguem conter muito alimento. Para que comam o suficiente para preencher suas necessidades, eles devem comer várias refeições por dia, e a dieta deve ter todos os nutrientes corretos em um volume comparativamente menor.
Felizmente, alimentar seu filhote não precisa ser tão complicado quanto parece. Dietas especialmente formuladas para a fase de crescimento ajudam a criar animais saudáveis, propiciando refeições balanceadas e altamente digerí­veis que seu filhotinho adora e come com gosto.
O regime de alimentação do seu filhote depende muito na idade, raça e em caracterí­sticas individuais dele. A condição do seu filhote é o melhor indicador de que a alimentação está correta.
Geralmente, um filhote precisa de 15 a 20 minutos para fazer uma refeição. Depois de 15 minutos remova a vasilha de alimento e sirva alimento fresco na próxima refeição.
Embora leite seja uma fonte útil de nutrientes para cães jovens, não é essencial à dieta de um filhote desmamado. Muitos filhotes e cães velhos não digerem lactose, o açúcar contido no leite, eficientemente. Isso pode causar problemas digestivos em filhotes que tomam leite.
Apesar de exercitar a mastigação e prover cálcio e fósforo, ossos podem ser perigosos ao despedaçar. Ao invés de ossos, dê a seu filhote algo desenvolvido para a mastigação, produtos que podem ser comprados em pet shops.
Garanta que seu filhote tenha suas próprias vasilhas de água e comida e que elas sempre estejam limpas.
- Treinando seu filhote 
Você e seu filhote serão muito mais felizes se ele for obediente. Seu instinto natural é o de submeter-se à disciplina imposta pelo lí­der da matilha - o seu papel. Com treinamento, ele aprenderá a entender o que você quer dele e como ele pode lhe agradar. Gaste um pouco de tempo se preocupando com isso e provavelmente descobrirá que a companhia de um cão obediente compensará todos os seus esforços.
- Treinamento caseiro 
Treinamento caseiro é raramente um problema para filhotes criados em condições adequadas - filhotes querem instintivamente ser limpos e têm vontade de agradar seus donos. Você deve começar o treinamento assim que seu animal de estimação chegar em casa. Qualquer demora no estabelecimento de uma rotina apropriada pode tornar o treinamento futuro mais difí­cil. É necessário ter paciência e perseverança.
Filhotes novos urinam e defecam com freqüência pois têm a bexiga e intestinos pequenos. Se você tem um quintal fechado, tente levá-lo para fora e colocar em um local adequado sempre que fizer menção de que precisa se aliviar. A primeira coisa a fazer de manhã é levá-lo a esse lugar. Esta operação também deve ser repetida à noite, depois de cada refeição e sempre que ele for ficar dentro de casa por longos perí­odos. Fique com ele até que termine, então agrade bem o cãozinho.
Não o puna se ocorrer um acidente. Isso apenas causa confusão e medo. Nunca "esfregue seu focinho" mesmo que ele suje a casa.
- Treinamento básico
Você precisa ensinar a seu filhote alguns comandos básicos. Para que o treinamento surta bons resultados, ele precisa saber responder quando chamado pelo nome e compreender o significado da palavra "não".
Quando seu filhote tiver tomado todas as vacinas, poderá levá-lo para caminhadas curtas. Você deve mantê-lo sob controle todo o tempo em que estiverem em locais públicos. Para isso a coleira e guia são essenciais. Apresente a coleira e a guia a ele e deixe que ele se acostume.
Após seu cão estar acostumado com a guia, você pode começar o treinamento básico. Todos os membros da casa devem estar envolvidos no programa de treinamento. Use palavras curtas como comandos, com vogais que soem bem diferente. Os quatro comandos essenciais são: junto, senta, vem e deita. Dê comandos claros e, sobretudo, seja firme.
Recompense-o com muito carinho quando ele fizer certo. Lembre-se, você não precisa necessariamente dar alimento como prêmio durante o treinamento. Não o puna por não obedecer a um comando - simplesmente não dê reforço positivo. Caso contrário, ele associará o comando à punição.
- Exercí­cios 
Todos os cães precisam de exercícios diários. A quantidade de exercício de que seu filhote precisa depende não apenas do tamanho dele, mas também da raça. Quando for pequeno, conseguirá fazer exercícios suficientes sozinho, mas à medida que cresce, deve ser levado para andar e correr regularmente. Não saia com ele junto com outros cães até que ele tenha completado o ciclo de vacinações.
Caminhadas regulares e variadas não são apenas essenciais para manter seu filhote em forma - são também uma chance que ele tem para explorar e vivenciar novos estímulos  incluindo encontros com outros cães. Isso fará com que ele se desenvolva e cresça como um indivíduo contente e equilibrado, o que ajuda a prevenir problemas de comportamento.
Qualquer exercício deve ser supervisionado. Não permita que seu filhote se perca e nunca deixe que saia sozinho durante o dia para descobrir o mundo por ele mesmo.
- Escovação 
Escovação regular é essencial para manter seu cão bonito e se sentindo bem. É melhor acostumá-lo a ser escovado desde jovem para evitar dificuldades quando ele for mais velho.
Naturalmente, raças mais peludas requerem escovação mais freqüente do que cães de pêlo curto. Sempre preste atenção às áreas que se emaranham facilmente, como, por exemplo, a área atrás das orelhas. É muito mais fácil prevenir que esses emaranhados se formem do que removê-los depois. Peça que o criador indique qual a melhor forma de escovar seu filhote e que tipos de escovas e pentes são recomendados.
Cães necessitam de banho apenas quando sujos ou quando o cirurgião veterinário aconselhar. Dê banho apenas quando o tempo estiver bom, ou mantenha seu cão dentro de casa para evitar resfriados. Filhotes jovens exigem cuidados especiais. Nunca use detergente doméstico ou desinfetante nos seus animais. Use apenas produtos próprios para cães. Sempre que der banho, areje e lave a cama dele. Também é essencial que isso seja feito regularmente entre banhos.
Enquanto estiver escovando o filhote, pode usar a oportunidade para verificar a condição da pelagem e pele dele, verificando se não há anormalidades como inchaços, ferimentos ou evidência de parasitas.
Você deve também ver se os olhos dele estão limpos, claros e sem excesso de secreção.
Embora seja pouco provável que você tenha problemas enquanto ele for jovem, você deve abrir a boca do seu filhote regularmente para que ele se acostume com isso desde cedo. Isso será útil no futuro quando precisar escovar seus dentes ou dar medicação por via oral. Ao mesmo tempo, você se familiarizará com a condição normal da boca do seu cão. Os dentes devem estar limpos e sem acúmulo de tartáro. As gengivas devem ter uma cor rosada saudável. Este é também um bom momento para ensiná-lo a permitir que você escove seus dentes. Isso reduz a placa e o mau hálito.
Conforme ele envelhece, pode ocorrer acúmulo de tártaro na base dos dentes próximo da gengiva. Isso pode ser removido pelo veterinário.
As unhas do seu filhote precisam ser aparadas regularmente. Cães que se exercitam com regularidade em superfí­cies duras desgastam as unhas até o comprimento correto. Manuseie as patas do seu cão desde bem jovem. Isso fará com que mais tarde ele se comporte melhor com tratadores e veterinários.
- A saúde do seu filhote 
Depois de desmamada, a maior parte dos filhotes vive uma vida longa e feliz. Algumas raças têm maior longevidade do que outras. A maioria dos cães vive entre 8 e 15 anos com alguns indiví­duos vivendo bem mais do que isso. Generalizando, raças pequenas e toy tendem a viver mais do que cães grandes ou gigantes. As principais ameaças à longevidade são doenças infecciosas e acidentes. Ninguém consegue evitá-los completamente, mas as chances de ser afetado seriamente por doença ou acidente podem ser reduzidas a níveis muito baixos se tomarmos algumas precauções simples. Um programa completo de vacinação, com injeções anuais é o passo mais importante para prevenir doenças. Treinamento apropriado e exercí­cios controlados ajudam muito a evitar acidentes.
- O veterinário 
Seu grande aliado na prevenção de problemas de saúde é o veterinário. Anote o endereço de uma clí­nica veterinária de confiança assim que você adquirir seu filhote, isso em muito ajudará em uma emergência.
Poucos dias depois de levar seu filhote para casa, leve-o a uma consulta com o veterinário. Ele dará orientações sobre vacinação, vermí­fugos, alimentação e cuidados gerais de saúde.
Quando levar seu filhote ao veterinário, mantenha-o ao seu lado com a guia ou no colo. Não permita que ande solto pela recepção. Lembre-se de que outros animais na sala de espera podem estar doentes. Caso seu filhote esteja doente, o veterinário precisa saber todos os detalhes. Não mande o filhote ao veterinário com uma criança ou um amigo que não pode dar todas as informações necessárias.
Sempre preste muita atenção a seu filhote e caso perceba qualquer sinal de doença, trate imediatamente.
- Seja um dono responsável 
Como todas as coisas que valem a pena na vida, ter um cão envolve responsabilidades e prazeres. Os prazeres são óbvios e as responsabilida
des precisam ser consideradas. Suas responsabilidades não são apenas em relação ao cão, mas também envolvem outras pessoas e o meio ambiente.
Um cão bem treinado e disciplinado é um prêmio para seu dono, então faça com que ele tenha pelo menos treinamento básico em obediência.

Lindos cachorrinhos ADOTADOS

Pense bem antes de adotar um filhote eles crescem, não são brinquedos, 
por isso não podem ser descartados e deixados a própria sorte nas ruas.
Quando você leva um animal pra casa, a responsabilidade pela vida e a
qualidade de vida dele é SUA.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Hana ADOTADA


Essa menina fofa foi resgatada hoje 12/11/2012 em agenor de campos Mongaguá, parece que escapou de um local onde ficava amarrada por muito tempo pois na volta do seu pescoço não existe pelo, ela tem uma marca funda de coleira apertada, e muitas mordidas de cachorro, agora está comigo e precisa de um lar, é calma adora um carinho ja tomou banho vermifugo e passou pomada no pescoço, Adote com responsabilidade ela não pode ter mais sofrimento, Contato Mongaguá Lilian Soledad (13)91342726

Adote com responsabilidade!

SARA adotada





Gente vocês lembram da Sara a linda gata que estava prenha no CDHU e resgatamos para ela poder ter seus bebes em um ambiente seguro, a Sara ganhou um Lar e agora vai ser muito feliz, alem de cuidar de seus 6 filhotes ainda amamentou mais 4 gatinhos de rua, foi uma superrrrr mamãe, merece toda felicidade do mundo longe das ruas e do sofrimento. Obrigada 

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Poodle Resgatado


Esse anjo estava abandonado no bairro Itaóca, mas graças a Deus, uma boa alma vai cuidar dele. O fofo já foi pro banho e tosa e vai tomar as vacinas necessárias, vai ficar lindo e saudável, e o principal FELIZ!

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Joi Precisa Urgentemente de Ajuda!





 Esse garoto era Pitt, mas agora é Joi, ele está bem debilitado próximo ao centro de Mongaguá. Ele precisa muito de ajuda, de alguém que possa ficar e cuidar dele, nossa amiga Marilisa Sica está indo cuidar dele, mas ele ainda precisa de muitas coisas, quem puder ajudar, com ração, remédios e tudo mais é só entrar em contato, ou ir vê-lo pessoalmente.
Vamos ajudar galera, vamos salvar esse lindão!
Precisamos de Pomada CETOCONAZOL.

LEO estrela no céu

ANIMAIS DE MONGAGUÁ 
Gente o Leo virou estrelinha hj ele não aguentou e infelizmente chegou o seu fim, fizemos o que deu por ele mas a hernia e sua fraqueza o levaram a falecer, nossa to chateada hj não é um bom dia.


 
Hoje tenho boas noticias esse é o LEO, menino lindo bonzinho que um dia foi um maravilhoso cachorro pra alguém que o jogou na rua pq ou ele ficou grande ou ficou doente ou pq se mudaram e ele não coube na mudança, ele é um mestiço Pastor Belga porte grande e passou hoje pela veterinária, ele está magro fraco precisa de boa alimentação e banhos constantes para a pele,tem uma hernia que precisa ser operada mas só pode fazer a cirurgia depois que ficar mais forte outro problema é que ele não come ração de maneira nenhuma e estamos tendo que fazer comida pra ele, precisamos de um lar para o Leo e ajuda, ele precisa comer bem para poder fazer a cirurgia.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

ADOTE Lindos Filhotes - Cães e Gatos


Lindos filhotinhos para adoção!
Tanto cachorrinhos, quanto gatinhos esperam um lar, adote-os!


Gatinhos fofinhos

Cachorrinhos lindinhos

Adote-os com responsabilidade, pois animal não é brinquedo!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Gorda, Sara e Filhotes - Vídeo


Vídeo com Gorda e seus filhotes, e Sara e seus filhotes. Eles estão umas graças, e logo mais estarão para adoção!

video

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Poodle Lili - Novamente Sem Lar


Nossa guerreira Lili, foi levada ao veterinário, esta com doença de carrapato e anemia... Teve seus dentinhos quebrados... Isso é o que a maldade humana faz com um pobre bichinho indefeso, por isso nunca abandone seus amigos, eles ficam doentes na rua, são tratados como lixo por muitos. Adotou? Cuide com amor! Mas graças a Deus nossa linda foi adotada, e a veterinária disse que logo mais a fofa vai ficar bem!  Depois de ser adotada olha como a Lili ficou uma graça!




Ela agora se chama LILI estava na rua cheia de carrapatos e muitas pulgas Lilian Soledad a viu e se comoveu com essa linda começou a dar comida o que deu confiança para ela se aproximar cada dia mais e mais, colocou na internet sua foto e conseguiu um anjo chamado Sandra Panoff Yamaguchi que se apaixonou por esses olhinhos pidões, foi tirada da rua tomou um banho fez limpeza nos ouvidos acabou suas pulgas e carrapatos, por baixo dos pelos sujos que se achava que ela era de cor beje apareceu uma poodle branquinha e cheia de machucados, passou por atendimento com a Dra. Carol onde viu que essa menina é nova não velhinha como se pensava, seus dentes de baixo foram quebrados ou por chutes ou pancadas não se sabe por isso ela está benguelinha, está anêmica e já começou seu tratamento, logo ficará mais linda e agora é amada e paparicada.




Parabéns família Yamaguchi por esta atitude tão linda de adotar um cão adulto que foi tão maltratado.


Atualização

É uma pena pessoal, mas a Lili fugiu, e a família que a adotou não a quer mais... Nossa querida Lili esta abandonada novamente. Ela precisa de um lar urgente. Alguém tem um lar pra ela, mesmo um lar provisório, pra esse anjo não ficar na rua?

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Castração: É Importante Para o Seu Amigo



Sabia que quando você castra um animal, você não só está ajudando no controle populacional de cães e gatos, mas também na diminuição do abandono desses animais. Diariamente milhares de bichos são abandonados e mortos, porque não existem lares suficientes para todos. Para se ter uma ideia do problema: uma cadela têm dois períodos férteis, o cio, por ano. Em média, essa cadela pode gerar cerca de 65 mil filhotes, em seis anos. Machos não castrados podem gerar milhões de descendentes durante a vida toda. Mas ainda hoje, existem pessoas com preconceito na esterilização de animais. Por isso, o Arca Brasil publicou as principais dúvidas e respostas sobre castração.


O que é a castração?
É uma cirurgia feita por veterinários em animais machos e fêmeas. A castração serve para impedir que eles se reproduzam sem controle, principalmente aqueles em situação de abandono nas ruas.


Como funciona?
Os animais tomam anestesia geral e não existe a necessidade de internação. Nas fêmeas, consiste na retirada do útero, trompas e ovários. Nos machos, a retirada dos testículos. A castração pode ser feita a partir dos 2 meses de idade, mas no caso de fêmeas, o recomendado é que seja antes do primeiro cio, entre os 6 e 8 meses de vida.

1 – Diminui drasticamente o risco de doenças nas vias uterinas e, principalmente, do câncer de mama, útero, próstata e testículos.

2 – Elimina a gravidez psicológica, estado presente em algumas fêmeas após o término do cio, o que ocasiona aumento das mamas (muitas vezes com edema) com produção de leite e irritabilidade excessiva.

3 – Elimina o risco do câncer dos órgãos genitais.

4 – Diminui o risco das fugas e brigas, que podem acarretar acidentes graves e até fatais.

5 – Acaba com os latidos e uivos excessivos que ocorrem por ocasião do cio.

6 – Elimina os estados de excitação por falta de cruzamentos.

7 – Nas cadelas, elimina a inconveniente perda de sangue no período de cio, assim como as desagradáveis reuniões de machos na porta de sua residência.



quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Belinha e Johny


Lindos anjos esperam um lar! Ainda mais se poderem ficar juntos. De um lar para esses lindos, que eles vão fazer da sua vida pura felicidade!


Estão com a Lilian.
 Adote-os!

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Filhotes ~Gorda e Sara~


Olha como esses fofos já estão lindos, todos de olhinhos abertos e espertinhos!


Não deixe de adotar um amiguinho! Ele vai fazer do seu dia, mais feliz. 

Mas adote com responsabilidade, pois animal NÃO é brinquedo, e muito MENOS enfeite de quintal. 
Não se esqueça de castrar seu amigo, vamos diminuir o abandono!

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Pulguinha Uma Triste Realidade


O pobre Pulguinha, vivia preso, a dona acorrentava ele todos os dias, e o pobre mau podia se mexer...



Muitas pessoas, acham que ter um animal é brincadeira, que é só colocar la, e deixar de enfeite num canto. O coitado estava cheio de carrapatos e sarna. A dona por falta de informação (será?) não cuidou devidamente do pobre, e ele estava sofrendo, até uma pessoa muito boa, ver isso, e não ficar quieta, divulgar, e pedir socorro por esse anjo. 





Agora ele foi tosado, tomou um bom banho, e esta sendo tratado, a "dona" se comprometeu a cuidar do seu amigo decentemente. Vamos esperar que tudo de certo, e que ela realmente cumpra sua obrigação. É OBRIGAÇÃO de quem adota, cuidar do seu animal decentemente. Então não se comprometa a cuidar de uma vida, sendo que não tem a intenção de cuidar direito.
Vamos torcer para que o Pulguinha possa ser feliz de verdade. Porque que não respeita a vida de um animal, não respeita nada. O amor move o mundo, então não maltrate aquele que mais te ama, que mais alegra seu dia.
Boa sorte Pulguinha, estaremos de olho em você!
Ocorreu um erro neste gadget
Estamos aqui para doar animais com responsabilidade, se você adota um amigo vc não pode joga-lo fora porque ficou doente ou porque está velho e sim tem que ficar ao seu lado até o ultimo minuto de sua vida.